Cravos, porque não?
































É curioso, mas cada vez que falo em cravos para o bouquet de noiva, há sempre uma expressão de interrogação e exclamação do outro lado. Talvez tenha a ver com a conotação em Portugal com o vermelho e a revolução, mas a verdade é que os cravos existem em inúmeras cores e com eles podem resultar trabalhos inesperados. A imagem deste bouquet é prova disso. Aqui usei-os em rosa choc juntamente com alstremerias brancas, chrysanthemum verde alface e umas baguinhas que adoro que se chamam Symphoricarpos. São amorosas, e existem também em rosa clarinho, muito bonito para usar com rosas.

Nenhum comentário: